Torneio de sumô no Japão: uma experiência que vale a pena

Assistir a lutas de sumô era uma coisa que eu sempre tive muita curiosidade e, aproveitando que nos meses de janeiro, maio e setembro é possível assistir às lutas do grande torneio aqui em Tóquio, fui conferir pessoalmente na semana passada.

A competição acontece no Ryogoku Kokugikan, ginásio dedicado especialmente ao sumô, perto de Asakusa. Os ingressos custam entre 20 e mais de 100 dólares e, pra uma tarde de terça-feira, até que tinha bastante gente. A maioria dos espectadores é gente de mais idade e, pelo que andei conversando com o pessoal aqui, o sumô não é muito popular entre os jovens.

Ryogoku Kokugikan

O ritual que precede a luta dura muito mais que a própria luta em si, que muitas vezes acaba em uma questão de segundos. Um dos rituais é jogar sal no dohyo (o ringue do sumô) para purificar o ambiente.

IMG_5373

Pra quem não sabe, o objetivo é simples: fazer com que o oponente saia do ringue ou que encoste a arena com alguma parte do corpo que não seja a sola dos pés. Não existe limite de peso ou divisão por categorias dependendo do porte, então pode rolar de um lutador enfrentar alguém com o dobro do seu tamanho. Mas isso, pelas lutas que assisti, não compromete o desempenho do menor. Geralmente, os “pequenos” ganhavam dos grandões!

Lá no Ryogoku Kokugikan, experimentei o chankonabe, espécie de ensopado preparado com carne cozida e vegetais que está presente na dieta dos sumotoris porque é riquíssimo em proteínas, bom pra ganhar peso. Quem precisa engordar mais ainda, deve comer junto com arroz. Durante a competição, ele é preparado com frango, pois os lutadores devem ficar equilibrados sobre duas pernas, como o frango (rs). Estava bem gostoso e foi bem baratinho – cerca de 2,50 dólares.

IMG_5356Ver as lutas e entrar no clima da competição foi uma experiência bacana e, pra quem está aqui, acho que vale a pena ir lá conferir, pelo menos uma vez.

Informações sobre ingressos: http://sumo.pia.jp/en/

Compartilhe:

Comentários

comments

Filed under Tóquio

Produtora de conteúdo interessada em cultura e artes, juntei meu fascínio pelo país de origem dos meus avós com a minha paixão por compartilhar histórias para criar o Peach no Japão. Aqui vocês encontrarão devaneios sobre cultura japonesa, histórias de viagem e dicas que não estão nos guias ;)

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *