O que está por trás das melodias de estações de trem no Japão?

Estação de Yoyogi, em Tóquio (Foto: Keiichi Yasu / Creative Commons)

O Japão é definitivamente um país sonoro. Som de cigarras, gritos de corvos, sinalizadores que imitam passarinhos, barulho de cachoeira nas cabines de banheiro, os sinos da 5 horas da tarde, a música enlouquecedora da Bic Camera… Os sons são tão presentes no cotidiano que quando a gente sai do país, até sente falta dessa trilha sonora ambiente – menos do jingle da mega loja de eletrônicos, obrigada! 😛

E como a vida no país gira sobre os trilhos, é impossível não reparar nos alertas sonoros das estações de trem e de metrô. Nas plataformas, além dos avisos falados que anunciam a chegada dos veículos, ouvimos uma melodia para avisar que o trem está prestes a partir. Os mais desligados podem achar que se trata sempre da mesma melodia, mas não! Muitas estações têm sua música-tema, o que leva os train lovers a ir de estação em estação para ouvir ou gravar cada eki-melo (eki: estação, melo: melodia).

Olhem que bacana essa compilação de musiquinhas que tocam nas estações da linha Yamanote, uma das mais importantes de Tóquio. ATENÇÃO: contém doses elevadas de natsukashii (aquela nostalgia gostosa) para aqueles que já estiveram na metrópole 😉

Dá para ver que, com exceção do som de telefone de Ueno e Shin-Okubo (que eu tive o desprazer de ouvir por um ano), tratam-se de canções fofas, que gentilmente falam para o passageiro acelerar o passo se quiser embarcar. Isso é que é hospitalidade!

E uma curiosidade bacana é que às vezes a melodia é escolhida por remeter à história do bairro. Separei alguns exemplos em Tóquio.

Ebisu (vídeo acima – 2:27)

A estação do bairro que presta homenagem à cerveja japonesa homônima usa uma música que tocava nos comerciais da bebida, tomada emprestada da trilha do filme britânico “The Third Man” (1949).

Takadanobaba (0:40)

Foi nesse bairro pertinho de Shinjuku e fora do circuito turístico que o Astro Boy nasceu! Para celebrar o personagem do robô que voa, criado por Osamu Tezuka nos anos 50, a estação usa como melodia uma versão da música-tema do animê.

Kanda (da linha de metrô Ginza)

Esse tema é um dos meus preferidos. A música que inspira a melodia do trem de Kanda é da cantora Hibari Misora, um ícone do estilo Enka. Sua letra fala de um homem que cresceu no bairro – e seu ritmo dá aquela animação para correr para pegar o trem! Reparem que, dependendo do sentido do trem, a melodia muda. Sensacional!

 

Compartilhe:

Comentários

comments

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *